Ajuricaba Warriors bate Manaus Cavaliers e conquista o campeonato amazonense

Warriors já somam conquistas do Manaus Bowl e Jungle Bowl em sua história. Foto Ajuricaba Warriors/Facebook

Decidido no overtime. Nada mais se esperava de uma decisão do Manaus Bowl X. O duelo entre Ajuricaba Warriors e Manaus Cavaliers – jogado no estádio Oswaldo Frota, na capital amazonense – terminou com o score a favor do elenco verde-amarelo, em 13 a 9. O fato marcou o primeiro título estadual dos guerreiros. Pierre Junior e Henrique Brandão, ambos do time de Ajuricaba, saíram de campo consagrados como heróis do duelo.

Em um confronto controlado pelos pentacampeões Cavaliers, que venciam a partida até o último quarto por sete a zero, a reação dos Warriors veio de forma surpreendente. O #51 Pierre Junior conquistou o touchdown e o kicker #81 Raul Brandão acertou o PAT para levar o jogo para o overtime.

Na prorrogação, o wide receiver #2 Henrique Brandão deu os números finais ao anotar o TD do título estadual.

— Foram nove anos de espera e agora só nos resta comemorar esta campanha maravilhosa. Tivemos nove jogadores estreantes e que hoje se consagram campões. Precisamos continuar treinando firme para, em 2016, defender esse título. Batemos na trave várias vezes, mas, desta vez, iniciamos uma corrida que deu certo. Com certeza o Ajuricaba estará ainda mais forte no próximo campeonato —, declarou Pierre ao fim da partida.

Segundo estimativas da Federação Amazonense de Futebol Americano, cerca de 800 pessoas assistiram o Manaus Bowl X.

— Estou muito feliz por ter feito o touchdown decisivo da partida e que nos deu a vitória. Só tenho a agradecer a nossa torcida linda pelo apoio. Isto prova que jogo é decidido dentro de campo, não em rivalidade de torcida ou provocações em redes sociais. É aqui, dentro das quatro linhas — comentou Brandão, ao explicar que o título amazonense significava um momento de revanche, já que na disputa do Jungle Bowl, em maio deste ano, os cavs levaram a melhor.

Seguindo a tradição dos campeões, o head coach Nazareno Mendonça tomou um banho de água gelada após a conquista.

— A gente nunca entra em campo esperando o melhor, a gente sempre entra em campo esperando o pior, e se o melhor vier, é lucro. E graças a Deus, hoje, o melhor veio. A gente sabe o peso do adversário, né, e tai, conseguimos o nosso primeiro título amazonense. E o trabalho não para por aí, ano que vem tem o Jungle Bowl, e com essa vitória de hoje, conseguimos a vaga para disputar o regional do ano que vem, e isso é maravilhoso – explicou Mendonça.