Campeonato gaúcho traz fã do futebol americano para os estádios

Público lota a arquibancada social do Presidente Vargas. Foto Germano Molardi/Radar Esportivo/UFSM

No último final de semana, deu-se o início do campeonato gaúcho de futebol americano. Na abertura do certame, o Santa Maria Soldiers derrotou o Ijuí Dornes por 35 a 7 e o Juventude venceu o Restinga Redskulls por 21 a 0.

O confronto Soldiers e Drones ocorreu no tradicional Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria, contou com um bom público de 700 pessoas, onde 524 pagantes – o ingresso custou R$ 5.

Foto Eduardo Ferreira/Juventude
Público enche a arquibancada no CT do Juventude. Foto Eduardo Ferreira/Juventude

Já o duelo entre Juventude e Redskulls foi jogado no CT do Juventude, em Caxias do Sul. O jogo também contou com um público de 700 torcedores, dos quais 400 pagantes – o ingresso custou R$ 10.

Confira a tabela de classificação do campeonato gaúcho

Com a popularização do esporte no Brasil, as equipes conseguem se capacitar e organizar a ponto de poder oferecer um produto de qualidade aos fãs do esporte da bola oval. Há poucos anos, os duelos eram marcados por locais que não tinha – ou pouco tinha – estrutura para receber público. Partidas realizadas em difícil acesso eram jogadas sem algum fã para acompanhar. O atual cenário brasileiro traz boas perspectivas ao desporto. Os clubes no Brasil se encaminham à popularização e ocupação dos templos do futebol bretão, tanto que o recorde registrado foi de mais de 15.197 pessoas que assistiram o Coritiba Crocodiles vencer o Cuiabá Arsenal na Arena Pantanal – um dos palcos da Copa do Mundo de Futebol – em 2015.

O campeonato gaúcho de futebol (da bola redonda) não traz bons números de público nos estádios. De acordo com um levantamento realizado pelo globoesporte.com, a média de torcedores pagantes no Gauchão está em 2.212 torcedores por partida. No total, 50.886 ingressos foram vendidos em 23 partidas da competição, onde a média de ocupação das arquibancadas é de 11%*. Com estes dados o futebol americano caminha a passos largos para competir em igualdade, principalmente com as equipes do interior.

Se o jogos entre Soldeirs vs. Drones e Juventude vs. Redskulls fossem registrados no ranking de maiores públicos do campeonato gaúcho de futebol, as partidas estariam empatadas na 13ª colocação, atrás de jogos com o mando de Grêmio, Internacional, Juventude e Brasil de Pelotas – times que têm reconhecida maciça presença de fãs nos estádios. Na média geral de torcedores nos estádios, as equipes empatariam na sétima colocação.

Claro que a renda bruta ainda está longe de ser a das melhores para os times de futebol americano, neste mesmo ranking, os Soldiers e Juventude ficariam na penúltima e antepenúltima colocação, respectivamente. Uma vez que o valor do ingresso é muito inferior ao cobrado pelos times de futebol. Entretanto, Soldiers e Juventude liderariam com os ingressos mais baratos, uma vez que a média cobrada pelos clubes de futebol no campeonato gaúcho é de R$30.

Se a renda ainda está longe de ser igualada, por outro lado, a ocupação nos estádios fica no top 10. Os Soldiers conseguiram lotar a arquibancada social do Presidente Vargas, (a capacidade do estádio é de 6554 pessoas), o público deste sábado encheu 10,68% do total, o que o colocaria na sexta posição do ranking de ocupação média. Enquanto que o Juventude melhora ainda mais esta estatística, segundo o presidente do Ju, Eduardo Ferreira, o CT do Juventude comporta 950 torcedores – divididos entre arquibancada, mezanino e ao redor do campo. O público de Caxias lotou 73.68%, o que o colocaria na liderança.

Confira os dados sobre os campeonatos gaúchos de futebol americano e futebol bretão

Ranking de público nos jogos

CampeonatosGauchos