Ceará Caçadores realiza training camp neste fim de semana

Jogadores intensificarão pré-temporada nos próximos dias. Foto Caçadores/Divulgação

O Ceará Caçadores segue os mesmos moldes de preparação do Brasil Onças e realiza o training camp 2016, no município de Horizonte, nos dias 16 e 17 de abril. Essa será a terceira edição do evento realizado pelos Caçadores. Em 2014 e 2015, os atletas e a comissão técnica consideraram o training camp como um fator diferencial para as boas campanhas do time.

O training camp consiste em dois dias de concentração e foco total de futebol americano. O diretor esportivo do Ceará Caçadores, Bruno Rocha, explica como será organizada a rotina de treinamentos dos atletas.

— A proposta é realizar no sábado e no domingo, quatro grandes treinamentos divididos nos turnos manhã e tarde, tudo isso será filmado e depois mostraremos para os jogadores os erros, para tentar corrigi-los, e os acertos, para tentar aprimorar cada vez mais as jogadas — contou.

A programação do training camp inicia com a chegada dos Caçadores às 7h30 do sábado (16), em Horizonte. Durante o final de semana, o time vai realizar três tipos de treinamentos técnicos no campo: os treinos por posição – drills individuais -, períodos de repetição de jogadas em grupo e simulações de ataque e defesa em situações de jogo. Além disso, os atletas realizam três sessões de exercícios teóricos. Nos períodos de folga, comissão técnica e jogadores assistem aos vídeos para análise de jogadas.

O training camp deste ano contará com a participação de 80 atletas e dez coaches do Ceará Caçadores. Entre eles, sete já participaram do camp da Seleção Brasileira realizado em março deste ano em João Pessoa. O running back Eduardo Maranhão, que esteve no camp da seleção, destaca a importância deste momento para os atletas.

— Ter passado no camp da seleção foi muito bom, pois trazemos a experiência de passar dois dias em um ritmo muito forte e intenso, aqui no camp dos Caçadores não é diferente, o nível do treinamento também é muito elevado, e isso ajuda muito a equipe nivelar os jogadores — disse.

De acordo com o head coach do Ceará Caçadores, Mike Lima, o camp é a base para a união e o entrosamento do grupo.

— Eu vejo como uma marca do nosso training camp a oportunidade para os jogadores construírem um entrosamento maior com os companheiros em campo e a comissão técnica. Isto é mais importante ainda para os novatos que precisam aprender um novo sistema e para os veteranos se familiarizarem com os novos companheiros de equipe. O entrosamento da equipe é um fator fundamental para qualquer tipo de sucesso — comentou.

Novo reforço made in Estados Unidos

Roggash é o novo reforço da equipe. Foto Divulgação/Caçadores
Roggash é o novo reforço da equipe. Foto Divulgação/Caçadores

No training camp deste ano será apresentado o mais novo reforço do Ceará Caçadores para a temporada 2016 da Superliga Nacional. O americano Talon Roggash, de 25 anos, natural do Colorado, já jogou na Summit High School e na Chadron State College. Como atleta de futebol americano, Roggash tem experiência jogando como wide receiver, quarterback e safety. Além disso, já trabalhou como treinador assistente em sua high school.

O presidente do Ceará Caçadores, Henrique Pina, analisa as principais características de Talon Roggash.

— Estamos trazendo para o Ceará Caçadores um atleta que tem experiência e liderança dentro e fora de campo e isso será muito importante para os nossos objetivos em 2016. O Talon é um jogador explosivo em campo e que pode marcar um touchdown a qualquer momento. É um atleta rápido e, com certeza, uma ameaça constante aos nossos adversários — analisa.

O estado do Ceará não é novidade para Talon. Em 2014, Roggash disputou o campeonato australiano e conheceu Robert Norris, o americano que jogou nos Caçadores em 2014. Robert passou boas referências sobre Talon para a comissão técnica do time cearense.