Com ótima atuação de Crawford, Santos Tsunami bate Botafogo Challengers fora de casa

Junior foi um dos destaques do Tsunami ao anotar touchdowns e PATs. Foto Jayson Braga/TTD

Neste sábado (4), o Santos Tsunami mostrou a sua força na Semana 2 do Torneio Touchdown ao bater o rival paulista Botafogo Challengers por 35 a 22. O jogo ocorreu no gramado do CT Santa Iria, em Ribeirão Preto.

Com o reforço do running back americano Jocques Crawford, os santistas marcaram logo em sua primeira campanha, o estrangeiro encontrou um espaço na defesa adversária para anotar o touchdown a favor dos visitantes. O próprio Crawford tratou de converter o extra point.

No segundo quarto, o domínio do Tsunami se manteve. Crawford novamente anotou o TD. Desta vez, o kicker Giovani Pizzuti mandou a bola entre os postes. O Santos aumentou a diferença no final do período com mais um touchdown, o quarterback Arinei Junior encontrou o o wide receiver Giovanni Lessa, que achou um gap entre os jogadores dos Challengers para entrar na endzone. Pizzuti acertou o PAT. 0-21.

Na volta do intervalo, os mandantes descontaram com um touchdown do wide receiver Klaus Pais, que recebeu passe do quarterback Francisco Zelesnikar. O xp foi desperdiçado pelo special team da manada. Na campanha seguinte, Zelesnikar conectou um passe de 60yd para o WR Renê Moraes para anotar mais um TD e diminuir a diferença. Zelesnikar em uma jogada ousada de read option conquistou o two point conversion.

Só que o americano do Tsunami estava em um dia brilhante, o RB costurou a defesa rival e em uma corrida de 50yd ultrapassou a goal line para anotar os pontos. O kicker Arinei Junior converteu o PAT. Na posse de bola seguinte, o QB dos Challengers tratou de tirar a vantagem em um TD corrido – com direito a quebra de três tackles. O próprio jogador novamente obteve sucesso no 2pts conversion. 22-27.

No derradeiro quarto, o duelo se manteve equilibrado pela boa atuação das defesas. Só que a vitória do Tsunami veio em uma boa corrida do QB Junior entrou na endzone e chutou o extra point para garantir a conquista fora de casa. Final 22-35.

Com o resultado, o Tsunami divide a liderança da Divisão B com o Vasco da Gama Patriotas, ambos com 1-0. Os paulistas ficam atrás pelo saldo de pontos – O Santos tem 13 e o Vasco tem 41 pontos. Já os Challengers amargam a lanterna da Divisão C, junto com o Lusa Lions, os dois com retrospecto 0-1 (-13 e -10 de saldo, respectivamente).

O Botafogo Challengers terá pela frente o Corinthians Steamrollers no dia 8 de agosto, em Leme. Enquanto que o Santos Tsunami volta a campo somente no dia 15 de agosto, quando receberá o time capixaba do Rio Branco, em Santos.