Coritiba Crocodiles bate Curitiba Guardian Saints e fica próximo da classificação aos playoffs

Crocodiles seguem invictos na temporada 2016. Foto Leonardo Siqueira/Punt

Neste sábado (26), o Coritiba Crocodiles foi a campo pela segunda vez no campeonato paranaense em partida válida pela semana 3. O elenco alviverde enfrentou o Curitiba Guardian Saints, em um local bastante conhecido, o tradicional gramado do Clubbe Imperial, na capital do Paraná, onde costuma mandar seus jogos. Sentindo-se em casa, o croco venceu a partida por 66 a 0, e cravou o maior placar da competição até o momento.

Confira a classificação do campeonato paranaense

Os Crocodiles marcaram seu primeiro touchdown logo no início da partida, quando o receiver Rodrigo Colete recebeu um passe entre as hashes próximo às 30 jardas e finalizou com uma bela corrida até a endzone. Ainda no primeiro tempo, foram marcados outros quatro touchdowns: Suelber Rangel marcou dois de corrida e Jhone marcou logo depois, após interceptar o passe do quarterback Xavier, Betiato fechou o placar em 35 a 0.

No segundo quarto, o Coritiba marcou outros dois touchdowns. Após uma falha no snap, o strong safety Cesar, que estava em blitz, aproveitou para recuperar a bola dentro da endzone. Antes do intervalo, Tomadon interceptou um passe de Menon e deixou sua marca no placar. Na primeira etapa, o kicker Vinícius anotou seis extra points.

Após o intervalo, Uydinely anotou um TD após receber um passe longo e Jhone conquistou mais dois pontos depois de ter realizar o sack em Menon dentro da endzone adversária. Em um touchdown de retorno, Colete ampliou ainda mais a vantagem dos Crocodiles.

No último quarto, os Crocodiles administraram o resultado. Rosas conquistou os últimos pontos em um safety para fechar a conta em 0-66.

O resultado garante a liderança isolada do Coritiba Crocodiles na Divisão Iguaçu com campanha 2-0. O elenco volta a campo no próximo dia 9 de abril, quando enfrenta o Maringá Pyros (0-1), em Marialva.

Já o Curitiba Guardian Saints amarga a lanterna da mesma divisão e vê as chances de classificação aos playoffs se esvaírem. O time tem o retrospecto de duas derrotas consecutivas. Os Saints voltam ao relvado no dia 10 de abril, quando viajam a Foz do Iguaçu encarar os Black Sharks (1-1).