Em jogo apertado, Algarve Sharks vence o Braga Warriors e fica próximo dos playoffs

#1 deLoureiro chama a formação shotgun contra a defesa dos Warriors. Imagem reprodução Warriors/Divulgação

No último sábado (27), o Braga Warriors recebeu no Campo da Caseta, em Braga, o Algarve Sharks pela semana 12 e abertura da segunda fase da temporada regular da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA). Em um confronto truncado, com relvado escorregadio e bola molhada, o elenco do Faro derrotou os bracarenses por 8 a 0.

Confira a tabela de classificação da Liga Portuguesa

Os tubarões abriram e fecharam o score a cinco segundos do fim do primeiro quarto, quando o quarterback americano #1 Ryan deLoureiro conectou o wide receveir americano #3 Brandon SooHoo. Na conversão de dois pontos, deLoureiro encontrou o WR canadense #23 Matthew Craens. 0-8.

A chuva, o frio e os ventos atrapalharam as campanhas dos QBs deLoureiro e #12 João Pitrez, que utilizam bem o jogo aéreo para conquistar território. O resto da partida ficou entre trocas de posse de bola.

Para o head coach dos Sharks, Pedro Viana, o não houve equilíbrio, uma vez que o time do Faro esteve melhor que o rival do Norte.

— Acabou por ser um resultado próximo, mas a diferença entre as equipas foi muito maior do que aquela que o resultado mostra. A chuva e o frio não ajudaram nada o nosso jogo em passe, que é a maneira como movemos mais a bola. Mas tivemos muitas penalties estúpidas tanto no ataque, como principalmente na defesa, que prolongaram os drives dos Warriors — explicou.

Com a bola molhada, o jogo de deLoureiro ficou prejudicado em formações shotgun, de acordo com Viana, além do excesso de penalties – que resultaram em first downs para os Warriors – e a longa viagem de oito horas de Faro a Braga.

Para o center e coordenador ofensivo #50 Rui Ferraz, os visitantes imprimiram um ritmo de jogo que dificultou os drives dos guerreiros em converter pontos.

— Ambas as defesas estiveram por cima no jogo e os turnovers que os Sharks criaram impediram o ataque dos Warriors de concretizar pontos — comentou Ferraz.

A vitória deixa o Algarve Sharks na vice-liderança do Grupo Norte com campanha 3-4. No último jogo, os tubarões recebem o Porto Mutts (6-1), no Campo Horta da Areia, no Faro, no dia 12 de março. A equipe precisa da vitória se quiser sonhar com os playoffs. A derrota praticamente elimina o time.

Já o Braga Warriors se mantém na segunda colocação do Grupo Norte com 5-2 e está classificado aos playoffs. Os guerreiros encerram a temporada regular contra o invicto Lisboa Devils (7-0), em Lisboa, no dia 5 de março.