Em jogo extra, Santos quer espírito de entrega do Maia Mustangs contra o Braga Black Knights

No primeiro encontro, os Mustangs venceram os Knights por 20-0, em Braga. Foto Mustangs/Divulgação

Em uma decisão de última hora, a Associação Portuguesa de Futebol Americano (APFA) determinou a disputa da nona e sétima colocações da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA). Quatro equipes disputarão as posições de fora dos playoffs. De acordo com a APFA, os jogos servirão de estímulo para os times que não estão na segunda fase da competição nacional.

Confira a classificação e playoffs da Liga Portuguesa

Neste próximo domingo (3), o Maia Mustangs encara o Braga Black Knights no duelo pela nona posição. O confronto agendado para o Estádio Municipal de Maia, em Maia, colocará frente-a-frente as duas equipes que haviam se enfrentado na temporada regular – os maiatos levaram a melhor sobre os bracarenses.

Para o lesionado quarterback dos Mustangs, Tiago Santos, o último jogo da temporada 2015/2016 servirá como molde para mudar o cenário de derrotas sofridas nas últimas temporadas.

— Para este último jogo vamos procurar inverter a imagem dos últimos resultados negativos apesar dos vários impedimentos do atual momento. Face à ausência por lesão de vários dos jogadores mais experientes a equipa vai assumir de uma postura de Next Man Up — contou.

Apesar de enfrentar um adversário que já havia vencido, santos crê que o confronto será mais duro, já que os Knights evoluíram ao longo do certame.

— Sabemos que os Black Knights que defrontamos na primeira ronda não são a mesma equipa que iremos defrontar no próximo domingo. Como equipa de primeiro ano demonstram já uma notória evolução das suas ideias de jogo e consistência face ao início da temporada. Pessoalmente visto que não jogo desde fevereiro devido a nova lesão no joelho, a minha participação neste jogo será uma game day decision — disse.

Perguntado se existiria a possibilidade de muda o game plan e testar os novatos, Santos foi simples.

— Certamente que face as ausências já confirmadas temos um leque de opções mais limitado e daí fomos obrigados a efectuar pequenos ajustes ao nosso plano de jogo. Independentemente das adversidades, o espírito de entrega e vontade de vencer de quem entrar em campo neste jogo mantém-se inalterado. Queremos chegar ao apito final convictos que demos 100% do nosso empenho em busca da vitória — finalizou.

Para o lugar de Santos, segue o backup QB #7 João Mota.

Nota do editor: o jogo pela sétima colocação entre Cascais Crusaders e Porto Renegades ainda não tem data e local definidos.