Em partida equilibrada, São Paulo Storm vira o score e vence Foz do Iguaçu Black Sharks pela Superliga Centro-Sul

Storm venceu o atual campeão da Liga Nacional. Foto Storm/Divulgação

Na Semana 1 da Superliga Centro-Sul, o São Paulo Storm fez o dever de casa e venceu o Foz do Igauçu Black Sharks por 17 a 12 de virada. O confronto ocorreu em Paulínia, na região metropolitana de Campinas, no último sábado (1º).

Em um jogo bastante equilibrado, os visitantes conseguiram abrir o placar com um touchdown do mexicano David Paez, no primeiro quarto. O PAT foi desperdiçado pelos paranaenses. O Storm descontou com o um field goal do kicker Felipe Gadeilha.

No segundo período, Paez novamente marcou o TD e ampliou a vantagem para os Black Sharks. Novamente o extra point foi perdido. 3-12.

Na volta do intervalo, a tempestade paulista passou a ganhar terreno e com boas campanhas obteve a virada por meio de dois touchdowns, ambos anotados pelo wide receiver Luiz Domingues. Os dois PATs foram convertidos por Gadeilha. Final 17-12.

— Numa temporada tão longa e intervalo de partidas curto, precisamos contar com a força do elenco, uma vez que a ausência de peças importantes serão inevitáveis. Temos muito a acrescentar para o campeonato brasileiro e essa partida mostrou que todo jogo será decisivo — comentou o head coach do Storm, William Zapparoli.

Com o resultado, o Storm ocupa a terceira posição da Superliga Centro-Sul com campanha 1-0, atrás do Cuiabá Arsenal – segundo colocado – e o Coritiba Crocodiles – líder – pelo saldo de pontos. Já o elenco de Foz do Iguaçu fica na quinta posição com retrospecto 0-1, a frente do São José Istepôs e Goiânia Rednecks, também pelo saldo de pontos.

O São Paulo Storm volta a campo no dia 15 de agosto, também em Paulínia, para enfrentar o Itapema White Sharks (0-0). Enquanto que os Black Sharks recebem o Goiânia Rednecks (0-1), no gramado da Vila “A”, em Foz do Iguaçu, também no dia 15 de agosto.