Flamengo dá o cartão de boas-vindas ao Macaé Oilers no full pads

Amistoso serviu de preparação das equipes na pré-temproada carioca. Foto Oilers/Divulgação

O feriado do Dia dos Trabalhadores (1º) ficou marcado na história recente do Macaé Oilers. A data é um marco na transição dos petroleiros do no pads para o full pads. Para celebrar o fato, o elenco dos Oilers realizou um confronto amistoso contra o Flamengo, no Moacyrzão, em Macaé. 1048 espectadores compareceram para ver o clube rubro-negro vencer os donos da casa por 28 a 7.

Na primeira jogada da partida, os visitantes abriram o placar em um retorno de kickoff anotado por Gabriel Bueno. O kicekr Ariel acertou o point after touchdown. Mesmo com o reverso logo no começo da partida, os Oilers tentaram responder em um field goal de 35yd com o kicker Daniel Antunes, mas o chute terminou sem sucesso. Na sequência, o ataque rubro-negro tratou de ampliar a vantagem com o segundo TD, marcado por Wellington, seguido do PAT de Ariel. Antes do término do período, o quarterback do Flamengo, Fábio Lau, sofreu uma interceptação que foi retornada para pick six.

No segundo quarto, os visitantes trataram de deixar a diferença em duas posses de bola com o terceiro touchdown, desta vez conquistado pelo fullback Chicão, mais o chute de bonificação de Ariel. 7-21.

Assista o TD de Chicão

Imagens de Carol Grigori

Após o intervalo, os Oilers equilibraram o duelo, tanto que o placar não sofreu alteração. No último quarto, os mandantes se encontravam na linha de 10yd do campo de ataque, o que indicava que a equipe teria chance de descontar, entretanto, o quarterback Gabriel Lázaro sofreu uma INT de Pedro Rocha, que correu para pick six a favor dos visitantes. O kicker do Flamengo manteve o 100% de aproveitamento no extra point. Final 7-28.

— Aceitamos este jogo como forma de teste para os novos jogadores, além de dar ritmos a veteranos e aplicar algumas novidades no playbook. Erros nessa fase são normais e aceitáveis, o importante é que temos vídeo da partida em dois ângulos, o que nos proporciona um rico material para acertar os problemas e avaliar os atletas. Isso se aplica para todos os setores do time — disse o técnico do Flamengo, Otávio Roichman, ao Mundo Rubro-Negro.

Vale a pena ressaltar a parte positiva do jogo, o ingresso era 1 kg de alimento não perecível, foi contabilizado o total de 1345 kg de alimentos, que serão doados a instituição de caridade do município.

O amistoso serviu de preparação para ambas as equipes começarem o ano em suas competições oficiais, o Macaé disputará a Liga Fluminense de Futebol Americano (Liffa) e o flamengo disputará a Superliga Nacional.

Agora, a direção dos Oilers estudam um novo amigável antes do começo da Liffa. A ideia é agendar para o fim do mês de maio, provavelmente contra uma equipe do Espírito Santo.