FPFA tem planos para realizar Paraná Bowl VIII na Arena da Baixada

Estádio com gramado sintético ainda não recebeu nenhuma partida de futebol americano. Foto Orlando Kissner/AFP

Assim como aconteceu no Internacional, que oficializou o estádio Beira-Rio como sede do Gaúcho Bowl VIII. Os dirigentes da Federação Paranaense de Futebol Americano (FPFA) estão determinados a quer levar o Paraná Bowl VIII à Arena da Baixada, casa do Atlético Paranaense.

— O Inter está abrindo uma lacuna. Quando têm alguém com uma cabeça mais aberta, a situação de abrir para um público diferente do futebol pode trazer benefícios para todos — diz o presidente da FPFA, Nilo Tavares.

A meta é fazer a final para Curitiba, já que as últimas três edições foram na Arena Top Line, em Campo Largo. Além da maior proximidade com o público, a ideia é aproveitar a publicidade que uma possível final no estádio do Atlético traria para o esporte.

Tavares, inclusive, chegou a abrir negociações com o Atlético em anos anteriores. O problema de conflito de datas com o futebol e o fator financeiro acabaram interrompendo os negócios anteriores com o clube de soccer.

O presidente da Federação Paranaense não anunciou os valores para realizar a partida no estádio, mas vê a iniciativa gaúcha, que terá os custos e os lucros divididos entre a federação local e o clube, como uma forma de realizar as partidas.

— Tem a questão de ter pouco dinheiro envolvido, o que não ajuda — revela.

Na temporada passada, a FPFA já havia feito um acordo com o Paraná, para realizar o jogo na Vila Olímpica do Boqueirão, porém o acordo acabou barrado pela falta de liberação do estádio pelo Corpo de Bombeiros de Curitiba.

Jogos no Couto Pereira

O estádio Couto Pereira, casa do Coritiba, já recebeu três vezes partidas de futebol americano. A primeira foi a decisão do campeonato brasileiro de 2011, entre Coritiba Crocodiles e Fluminense Imperadores. O Brasil Bowl II atraiu cerca de 8 mil pessoas. Na segunda partida, o amistoso entre o Crocodiles e a seleção paranaense sub-19 de futebol americano em 2012 levou 4 mil pessoas. A terceira no Brasil Bowl IV, de 2014, quando mais de 6 mil pessoas estiveram no estádio para ver os Crocodiles derrotaram o João Pessoa Espectros.