São Paulo Storm derrota Campo Grande Gravediggers e conquista a Copa São Paulo

Jogadores do lado azul de São Paulo celebram conquista na Copa São Paulo. Foto Storm/Facebook

Neste último domingo (12), o São Paulo Storm sagrou-se campeão da Copa São Paulo ao bater na final o Campo Grande Gravediggers por 12 a 7. O confronto foi realizado na Arena Bradesco, em Osasco, zona oeste da região metropolitana de São Paulo. Com a taça, o time alcançou o seu quinto estadual, sendo o quarto seguido, o que garante a posição de maior vencedor entre os paulistas.

— Foi uma conquista de superação. Tivemos que lidar com a renovação do elenco, inúmeras contusões de atletas importantes durante o torneio, o desfalque de dois jogadores-chave para a seleção e muita desconfiança, uma vez que alguns tropeços fizeram com que todos acreditassem que estávamos fora da disputa — explica o head coach do Storm, William Zapparoli.

O primeiro tempo foi de estudo entre as duas equipes. Com pouco produção dos ataques, as defesas controlaram o relógio e o resultado não saiu do zero.

Na etapa complementar, o running back #26 Alan Giamas costurou a defesa sul-matogrossense e correu 73yd para touchdown. Na conversão de dois pontos, o special team paulista esbarrou no muro dos coveiros. A resposta veio logo em seguida, o running back #21 André Borges se posicionou como slot receiver e recebeu um passe de 4yd do quarterback #12 Gilmar. O PAT foi convertido pelo próprio QB/K Gilmar dando a vantagem para os visitantes.

Já no último quarto, depois de boas jogadas por meio do quarterback #8 Gustavo Urlacher, o Storm conseguiu chegar a redzone adversária, e com uma corrida 8yd do running back #29 Lucas Monobloco, os mandantes retomaram a liderança e decretaram a vitória para o lado azul de São Paulo. Final 12-7.

A próxima etapa do Storm será na disputa da Superliga Nacional. A equipe está na conferência Centro-Sul junto com São José Istepôs, Itapema White Sharks, Foz do Igauçu Black Sharks, Coritiba Crocodiles, Cuiabá Arsenal e Goiânia Rednecks.

— Nem sempre ganha o time que tem o melhor retrospecto. Chegamos invictos na final e perdemos pra um time que jogou usando o regulamento. Méritos para eles — contou o fundador dos diggers, Silvio “Ogro” Lobo.

O próximo compromisso dos coveiros é a Liga Nacional, em agosto. O time está na conferência Centro-Oeste ao lado de Sinop Coyotes, Sorriso Hornets e Campo Grande Predadores.