Seiya retorna as atividades e Vila Velha Tritões inicia a pré-temporada

Seiya foi campeão estadual em 2015. Foto Léo Silveira

Começa mais uma pré-temporada e os veteranos do Vila Velha Tritões já voltaram aos treinos, em uma manhã ensolarada de domingo (14). No início das atividades foi dada uma breve palavra por parte da comissão técnica, onde foram apresentadas as diretrizes de trabalho em treinos para a temporada de 2016. O treino comandado pelo head coach Lener Fernandes mostrou que os Tritões vêm forte para este ano.

Mas desta vez, ainda houve uma motivação extra para comemorar a volta. O wide receiver Raphael “Seiya”Casagrande, que foi atingido no peito em um assalto a um ônibus no ano passado, voltou ao seu primeiro treino com a equipe capixaba. Após sete longos meses de recuperação, o jogador celebra a sua recuperação. Seiya completou com sucesso todas as atividades físicas propostas.

Ele ainda falou da grande motivação que foi ver seus companheiros entrar em campo com seu nome estampado nas camisas. Disse que foi um combustível a mais para a sua recuperação, onde ressalta a grande vontade de estar no relvado, uma vez que o final da temporada 2015 foi bastante difícil para a equipe, exatamente porque outros receivers sofreram lesões nos playoffs. O jogador agradeceu a homenagem dos colegas e se sente bastante motivado para voltar nesta temporada.

Confira a conversa com o jogador

Tritões – Quanto tempo foi de recuperação desde o incidente?

Seiya – Foram seis meses me recuperando, após a internação no hospital, e quando se encerrou este período, o médico me liberou para atividade de musculação inicialmente, e hoje, sete meses depois, volto ao meu primeiro treino com a equipe.

Tritões – Como foi a expectativa nesta última semana, sabendo que voltaria aos treinos depois de tanto tempo?

Seiya – Com certeza foi de bastante ansiedade, ainda mais que eu tinha uma lesão no quadril me incomodando antes do incidente, e não sabia se ainda iria me incomodar nesta volta aos treinos. Mas graças a Deus não senti nada no quadril e nem no local do tiro, só senti um pouquinho o pulmão, na questão do fôlego, estou cansando um pouco mais rápido, mas nada demais.

Tritões – Ano passado houve uma grande comoção em relação ao incidente. Como isso te motivou na recuperação?

Seiya – Com certeza foi um gás a mais, pois vi meus companheiros em campo me fazendo uma homenagem. E também sempre tinha uma grande vontade de entrar em campo, pois chegou a hora que o time só tinha quatro wide receivers, e foram sofrendo lesões. Dava para ver que estava difícil, e creio que eu seria uma peça a mais para ajudar.

Tritões – Quais as suas primeiras impressões nesta volta aos treinos?

Seiya – Achei que estaria pior, achei que me cansaria mais, mas me surpreendi. Consegui seguir no treino até o final. Foi bastante sugado, mas consegui completar o que me foi proposto. Mas, tenho muito a melhorar ainda.

Tritões – Quais as expectativas para este ano de 2016?

Seiya – Foco total no título. Ano passado não conseguimos, mas vamos treinar mais e espero contribuir muito para que possamos trazer mais este título para os Tritões.

Tritões – Algum recado para os companheiros, tanto os veteranos, quanto os novos que estão se juntando neste ano?

Seiya – Temos que nos esforçar bastante, dar o sangue, sob sol ou chuva, porque logo a batalha começa e temos que entrar com força total para ganhar.

O Vila Velha Tritões entra em campo em março pelo campeonato capixaba, com as datas e fórmula de disputa ainda a confirmar.