Angra Destroyers estreia com vitória no full pads diante do Caraguá Ghost Ship

Angra Destroyers (azul) e Caraguá Ghost Ship se encontraram pela primeira vez na história. Foto Saída de Bola

No último domingo (24) o Angra Destroyers viajou até Caraguatatuba para dar o pontapé inicial na modalidade full pads. O começo não poderia ter sido melhor para os cariocas. O time de Angra dos Reis venceu o Caraguá Ghost Ship por 19 a 14, no Campo do XV, em confronto amistoso válido pelos Jogos Regionais do Interior.

Confira a classificação da Liga Fluminense

Após sair da Liffa (do campeonato carioca no pads) como uma das equipes destaques do certame do Rio de Janeiro, em sua primeira partida com equipamentos, os Destroyers mostraram superioridade contra os paulistas.

Logo no início da partida a equipe angrense abriu o placar. Após passe de 20yd do quarterback Ribeiro ao wide receiver Wendel, que com ajuda de bloqueios conseguiu quebrar tackles e entrar na endzone adversária. O extra point não foi convertido. Melhor em campo, os cariocas ampliaram novamente com Ribero, desta vez em um QB sneak de 1yd. O kicker Peixoto converteu o PAT.

No final do segundo quarto, o Ghost Ship respondeu. Depois uma longa campanha, o QB Thierri Neves conseguiu conectar um passe para o WR Guilherme Freire, que usou o físico para quebrar tackles e avançar até a endzone. O kicker Caio Cezar mandou a bola entre as traves para diminuir a diferença a uma posse de bola. 7-13.

Na etapa complementar, após um longo drive que deixou os Destroyers na linha de 10yd de ataque, Ribeiro conectou um lançamento dentro da endzone para o receiver Azevedo. Peixoto desperdiçou a chance no chute de bonificação.

Com a entrada do derradeiro período, o Ghost Ship ainda conseguiu marcar mais um touchdown, com uma corrida para mais de 30yd de Neves. Após a conversão do extra point, o juiz encerrou a partida. Final 13-19.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

COMMENTS

Leave a Comment