Atual campeão da Copa São Paulo, Rio Preto Weilers arranca com vitória diante do Piracicaba Cane Cutters na SPFL

Ataque do Rio Preto Weilers mostrou explosão no primeiro tempo, mas caiu de rendimento no segundo. Foto Weilers/Divulgação

O Rio Preto Weilers estreou com vitória na São Paulo Football League (SPFL), na manhã de domingo (4), diante do também novato na competição Piracicaba Cane Cutters. Mesmo com alguns desfalques a equipe de São José do Rio Preto bateu o rival interiorano pelo placar de 14 a 12, na cidade de Leme.

Saiba como está a classificação da SPFL



Logo no início da partida, os Weilers abriram o placar com um touchdown do tight end Jeferson Sales, após passe do quarterback Gabriel. Mais tarde, o signal caller de São José do Rio Preto tratou de visitar a endzone de Piracicaba com as próprias pernas. Ambos os arremates de bonificação foram convertidos.

No final do segundo quarto, os Cane Cutters conseguiram descontar com um touchdown anotado pelo running back Sherman. Diferente dos Weilers, o special team de Piracicaba desperdiçou o try. 14-6.

A partida voltou do intervalo e o desempenho e melhor produção trocou de lado. Os Weilers foram interceptados logo no drive inicial do terceiro quarto, o turnover da matilha elevou a moral dos cortadores de cana. A insistência surtiu efeito em novo touchdown, desta vez, com Rodrigo Siqueira. Novamente o arremate de bonificação fora perdido.

O ataque dos Weilers não engrenava na partida, porém, o time de Piracicaba não conseguia aproveitar as suas posses de bola. Perto do two minute warning, os Cutters se encontravam no território de ataque, mas fora do field goal range. A sideline optou por uma quarta descida em detrimento do field goal. A defesa dos rio-pretende forçou o turnover on downs e garantiu o triunfo. Final 14-12.

— Estreamos com vitória, porém, jogamos mal. Nosso ataque não engrenou na partida e cometemos muitas faltas durante o jogo, principalmente nossa defesa, mas o importante é a vitória neste momento — avaliou o presidente dos Weilers, Matheus Camargo.

— O time começou nervoso, foi um dos problemas que encontramos no ataque. Demoramos para entrar no jogo e não progredimos nas primeiras posses de bola. Quando acalmamos os ânimos, estávamos perdendo. A instabilidade nos prejudicou contra um adversário experiente. Em geral, foi um passo importante e na direção correta. O Rio Preto Weilers é um dos adversários mais fortes da chave e tivemos um bom desempenho — disse o coordenador ofensivo dos Cutters, Victor Pandolfe, ao Líder Esportes.

O Rio Preto Weilers ocupa divide a liderança do Grupo B com o Corinthians Steamrollers e Jundiaí Ocelots, todos com 1-0. O time volta a campo no dia 18 de março, quando encara o Santos Tsunami (0-1).

Enquanto que o Piracicaba Cane Cutters está na parte de baixa da tabela com 0-1. A equipe tentará a reabilitação contra o Mooca Destroyers (0-1), no dia 17 de março.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment