Belém Titans e Belém Lobos realizam treino em conjunto com chances de união de rosters

Belém Titans e Paysandu Lobos se enfrentaram três vezes na história, com invencibilidade do programa rubro. Foto Lobos/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Na manhã do domingo (25), os rosters de Belém Titans e Belém Lobos (antigo Paysandu Lobos) treinaram juntos no campo do Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará, em Belém. Mesmo com o aumento de contaminação por SARS-CoV-2 – o vírus que causa a COVID-19 – informada diariamente pelo consórcio formado pelos veículos G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL, os dois programas trataram de realizar a atividade coletiva. De acordo com o Turnover Norte Brasil, há a possibilidade das duas equipes unirem forças e formar um novo time para a temporada de 2021.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA 2

As atividades no Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará foram voltadas exclusivamente para drills, eximindo a execução de scrimmage e possíveis maiores contatos entre os participantes. Segundo o presidente dos Titans, Célio Pontes, o encontro entre as equipes foi direcionada pelo mesmo ideal filosófico e seguiu alguns protocolos de segurança sanitários, como: distribuição de álcool em gel, medição da temperatura corporal, obrigação do uso de máscaras antes e após os treinos e água individualizada.

— Além dos irmãos Pingarilho, eu antes de vir para os Titans joguei nos Lobos. Os dois são times muito respeitosos, com mentalidades parecidas — comentou.

O evento foi organizado e planejado pelos dirigentes de ambos os times. O treinamento em conjunto gerou os rumores de união entre os dois programas. Segundo o Turnover Norte Brasil, está será a oportunidade de ter os irmãos Pingarilho juntos na comissão técnica, que seria formada pelo head coach Tiago PingarilhoLuiz Fernando Pingarilho como coordenador defensivo e Anderson Silva liderando a sideline na unidade de ataque.

— Se realmente houver a união entre os times, não se sabe se prevalecerá o nome do Belém Titans ou Lobos, este último que teve uma atualização da identidade visual recentemente [por encerrar o vínculo com o clube de futebol Paysandu Sport Club]. É possível, até, que nasça um novo time com outro nome — disse Matheus Carvalho, do Turnover Norte Brasil.

Em possível união entre os programas, Pontes aponta que primeiramente todos os jogadores dos dois times seriam incluídos para formar um roster numeroso, mas que com o tempo, os com menor destaque seriam dispensados.

— Provavelmente todos os atletas seriam aproveitados, aí uma lista de corte depois de um tempo — finalizou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment