Comissão do Esporte promove debate sobre o futebol americano no Brasil

Representantes do futebol americano nacional estiveram na Câmara dos Deputados. Foto SPFL/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Na tarde de quarta-feira (26), a Comissão do Esporte promoveu uma audiência pública para debater as melhorias e criação de uma data nacional para o futebol americano no Brasil. Estiveram presentes dirigentes de três federações estaduais, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), ítalo Mingoni, o deputado federal Julio Cesar Ribeiro (PRB/DF), a deputada federal Greyce Elias (Avante/MG), o defensive line do Miami Dolphins, Durval Queiroz Neto e o comentarista de esportes americanos da ESPN, Antony Curti.

Confira o calendário de jogos da temporada 2019 do BFA

Entre as ideias propostas na sessão, o deputado Ribeiro propôs a criação de uma frente parlamentar para fomentar alternativas que melhorem o desempenho do futebol americano. Por outro lado, o dirigente da Federação de Futebol Americano de São Paulo (Fefasp), Ricardo Trigo, reivindicou emendas que flexibilizem a tributação de equipamentos importados, enquanto que o representante da Federação de Futebol Americano do Cerrado (Fefac), Diego Fernandes, pediu a revisão de itens presentes dentro da Lei Pelé para facilitar o acesso aos recursos federais pelos esportes não-olímpicos e amadores.

— Não precisamos de muitos patrocínios. Acho que podemos através da lei 10.451 de 2002, fazer uma emenda e diminuir os impostos sobre equipamentos de futebol americano que são importados, e atualmente é de 72%. Essa medida já existe para os esportes olímpicos, por que não incluir a nossa modalidade e também para outros esportes americanos, como: o hockey, críquete e o lacross? — indagou Trigo.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment