Cuiabá Arsenal quer deixar desconfortável jogo aéreo do Sinop Coyotes para levar vantagem nos matchups

Mota (sem helmet) crê em vantagem do front do Cuiabá Arsenal no jogo terrestre. Foto Junior Martins/Arsenal/Futebol Americano Brasil

Os clubes mais antigos do futebol americano de Mato Grosso, o Cuiabá Arsenal e o Sinop Coyotes se enfrentarão duas vezes nos próximos 20 dias, ambas as vezes em partidas válidas pela temporada regular do Brasil Futebol Americano (BFA), e proporcionarão o mais um clássico da bola oval do Estado, nos dias 18 de agosto, em Sinop, e 1° de setembro, em Cuiabá.

Confira a classificação do BFA

O Cuiabá Arsenal tem recorde de duas partidas e uma vitória nesta fase inicial do certame nacional. Estreou com derrota para o Sorriso Hornets por 16 a 3 e depois venceu o Rondonópolis Hawks, num confronto chamado de Batalha Laguna, por 35 a 32.

Já o Sinop Coyotes está com duas derrotas. Primeiro perdeu para os Hawks por 33 a 45 e depois perdeu para os Hornets por 20 a 31.

— Nós sempre estamos a tentar evoluir fisicamente e mentalmente e isso não será diferente para esta partida. Confio que nossos jogadores estão preparados para contribuir e acredito que vamos jogar melhor do que nos dois primeiros jogos do campeonato. Estamos preparados para uma guerra campal e tentaremos sair na frente já no início do confronto — avalia o head coach e signal caller americano do Arsenal, Thomas Kudyba.

Deixar o adversário desconfortável no jogo aéreo é um ponto levantado pela unidade de defesa de Cuiabá.

— Os Coyotes sempre jogaram duro com o Arsenal. Jogam com muita raça. Eles têm perigosos jogadores no ataque e tem o passe como ponto forte. Além de boas corridas com o quarterback. Nós queremos gerar dificuldades para o jogo aéreo deles. Se conseguirmos deixá-los em situações ruins nos passes, podemos ficar com a vantagem — comenta o capitão da defesa e linebacker Igor Mota.

Baixa entre os imports

O americano Kent Lee McDonald está fora da temporada 2019. O import fraturou a cabeça do rádio esquerdo do cotovelo no jogo contra os Hawks. O jogador passará por uma cirurgia para corrigir a lesão, mais o tempo prolongado na recuperação e fisioterapia.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment