December 5, 2021
Mota (sem helmet) crê em vantagem do front do Cuiabá Arsenal no jogo terrestre. Foto Junior Martins/Arsenal/Futebol Americano Brasil

Cuiabá Arsenal quer deixar desconfortável jogo aéreo do Sinop Coyotes para levar vantagem nos matchups

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 46 segundos

Mota (sem helmet) crê em vantagem do front do Cuiabá Arsenal no jogo terrestre. Foto Junior Martins/Arsenal/Futebol Americano Brasil

Os clubes mais antigos do futebol americano de Mato Grosso, o Cuiabá Arsenal e o Sinop Coyotes se enfrentarão duas vezes nos próximos 20 dias, ambas as vezes em partidas válidas pela temporada regular do Brasil Futebol Americano (BFA), e proporcionarão o mais um clássico da bola oval do Estado, nos dias 18 de agosto, em Sinop, e 1° de setembro, em Cuiabá.

Confira a classificação do BFA

O Cuiabá Arsenal tem recorde de duas partidas e uma vitória nesta fase inicial do certame nacional. Estreou com derrota para o Sorriso Hornets por 16 a 3 e depois venceu o Rondonópolis Hawks, num confronto chamado de Batalha Laguna, por 35 a 32.

Já o Sinop Coyotes está com duas derrotas. Primeiro perdeu para os Hawks por 33 a 45 e depois perdeu para os Hornets por 20 a 31.

— Nós sempre estamos a tentar evoluir fisicamente e mentalmente e isso não será diferente para esta partida. Confio que nossos jogadores estão preparados para contribuir e acredito que vamos jogar melhor do que nos dois primeiros jogos do campeonato. Estamos preparados para uma guerra campal e tentaremos sair na frente já no início do confronto — avalia o head coach e signal caller americano do Arsenal, Thomas Kudyba.

Deixar o adversário desconfortável no jogo aéreo é um ponto levantado pela unidade de defesa de Cuiabá.

— Os Coyotes sempre jogaram duro com o Arsenal. Jogam com muita raça. Eles têm perigosos jogadores no ataque e tem o passe como ponto forte. Além de boas corridas com o quarterback. Nós queremos gerar dificuldades para o jogo aéreo deles. Se conseguirmos deixá-los em situações ruins nos passes, podemos ficar com a vantagem — comenta o capitão da defesa e linebacker Igor Mota.

Baixa entre os imports

O americano Kent Lee McDonald está fora da temporada 2019. O import fraturou a cabeça do rádio esquerdo do cotovelo no jogo contra os Hawks. O jogador passará por uma cirurgia para corrigir a lesão, mais o tempo prolongado na recuperação e fisioterapia.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *