October 16, 2021
Kudyba com o troféu do Brasil Bowl I conquistado pelo Cuiabá Arsenal. Foto Arquivo pessoal

Cuiabá Arsenal terá o retorno de Kudyba para o segundo semestre de 2017

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 45 segundos

Kudyba com o troféu do Brasil Bowl I conquistado pelo Cuiabá Arsenal. Foto Arquivo pessoal

O Cuiabá Arsenal acertou um acordo com o quarterback americano Thomas Anthony Kudyba para atuar como quarterback e coordenador ofensivo do time na disputa do Brasil Futebol Americano (BFA), em 2017.

Saiba como foi a temporada 2016 da Superliga Nacional



Para o presidente do Arsenal, Paulo Cesar Machado, a aquisição desse reforço será essencial para atuar em duas frentes, no aprimoramento de todo o sistema ofensivo da equipe e na formação de quarterbacks, já que Tom Kudyba tem vasta experiência como quarterback e como formador de quarterbacks. Segundo Paulo Machado, o gringo chegará no início de julho e permanecerá até o fim da temporada deste ano.

— Tom Kudyba é um velho conhecido dos torcedores do Cuiabá Arsenal. Ele fez parte do roster que conquistou o Brasil Bowl I. Inclusive foi eleito o MVP naquela final contra o Coritiba Crocodiles, em 18 de dezembro de 2010, em Embu das Artes, em São Paulo, com placar de 49 a 21. Ele tem um amplo currículo de passagens por times norte-americanos e europeus — contou Paulo.

Kudyba, que prefere ser chamado apenas de Tom ou Tommy, de 33 anos, 98kg e 1.82m de altura, depois de jogar futebol americano no ensino médio e na faculdade, passou por equipes profissionais de arena nos Estados Unidos, como Bloomington Extreme, Chicago Slaughter, Wisconsin Wolfpack e Chicago Blitz, e também passou pela Europa, no Lappeenranta Rajaritarit, da Vaahteraliiga, na Finlândia. No Brasil, foi atleta do Cuiabá Arsenal e treinador do Vila Velha Tritões.

— Fui campeão e MVP por duas vezes. Primeiro pelo Lappeenranta em 2008 e depois pelo Arsenal. Lembro de estar no túnel do estádio em São Paulo, antes da final começar, e antes de entrar para o campo dava para ouvir os jogadores rivais cantarem alto: Estamos prontos, estamos prontos para vocês. Lembro depois de pensar que eles não estavam prontos, pois na primeira jogada nós marcamos o primeiro touchdown do jogo — lembrou Kudyba.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *