October 19, 2021
Curitiba Silverhawks segue com a invencibilidade no Paraná. Foto Silverhawks/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Em thriller Curitiba Silverhawks vence Curitiba Cold Killers e garante o Araucária Bowl

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 41 segundos

Curitiba Silverhawks segue com a invencibilidade no Paraná. Foto Silverhawks/Divulgação/Futebol Americano Brasil

A hegemonia está mantida no Paraná. Em sua primeira edição com final, o Campeonato Paranaense Feminino de Futebol Americano ficou com as gurias do Curitiba Silverhawks. As Hawks conquistaram o bicampeonato ao bater a rival Curitiba Cold Killers pelo apertado placar de 9 a 6. O Araucária Bowl foi disputado no gramado do Croco Stadium, na manhã do sábado (15), na Capital.

Saiba como foi a temporada 2019 do Campeonato Paranaense Feminino

As campeãs abriram a contagem logo no arranque da partida. Após a defesa forçar um three and out, o special team facilitou o trabalho da signal caller #12 Ester Alencar. A punt returner #28 Priscila Camargo retornou a pelota próximo da red zone. Alencar capitalizou o drive com uma conexão para o wideout #84 Raposa. A placekicker #73 Joceli Bertoja arrematou o PAT na trave.

As Killers tentaram responder de forma imediata. Com a liderança nas descidas das running backs #11 Sarah Elizabeth e #11 Ana Alice Rocha, a unidade de ataque entrou em field goal range, mas desperdiçou a oportunidade de descontar com um arremate sem sucesso da placekicker #16 Julianne Laurindo.

Durante o segundo quarto, as Hawks trataram de ampliar a vantagem com um field goal marcado por Bertoja, dentro do two minute warning. 9-0.

Na etapa complementar, a backup quarterback das Killers, #15 Marina Santiago, comandou o programa até chegar a endzone. Santiago diminuiu a diferença com um touchdown em QB sneak de 2yd. As Silverhawks bloquearam a tentativa de extra point.

Com mais 12 minutos a serem jogados, ambas as defesas trataram de impor o ritmo da partida. As Cold Killers chegaram a ameaçar a meta rival com uma interceptação da defensive back #38 Evelyn Amarilla para minar o drive argento. Entretanto, a campanha não foi capitalizada em pontos. Na sequência, foi a vez da linebacker #98 Giovanna Boabaid forçar o turnover contra as Killers para sacramentar o triunfo do Curitiba Silverhawks. Final 9-6.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *