Em um duelo renhido, Cascais Crusaders supera Lisboa Navigators e assume a terceira colocação na LPFA

Manuel trava a defesa do Lisboa Navigators em read option para anotar o último TD do Cascais Crusaders. Foto Margarida Cautela/Line Up Network

Na tarde deste sábado (2), na abertura da semana 5 da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA), o Cascais Crusaders recebeu, no Campo das Fontaínhas, em Cascais, o rival metropolitano Lisboa Navigators. Os Crusaders aproveitaram o home field advantage para bater os Navs pelo placar de 33 a 21.

Confira a classificação da Liga Portuguesa

No arranque da partida, a unidade de ataque da casa tratou de visitar a redzone lisboeta. Em uma corrida curta, o signal caller #18 Matias Manuel deixou a defesa dos Navigators honesta com um read option, aproveitou o C gap aberto no weak side para entrar na endzone sem ser tocado. O placekicker #21 Rodolfo Cruz conferiu o PAT.

A defesa e o special team de Cascais entrou em alta voltagem, ao forçar um three and out, somado a um retorno do punt returner #11 Duarte Cruz, que posicionou o ataque perto da redzone. O drive foi capitalizado com um passe de aproximadamente 18yd de Manuel para o flanker #87 Bernardo Carvalho em rota post. Cruz desperdiçou o extra point.

Ainda dentro do primeiro quarto, o elenco de Lisboa aproveitou uma falha do long snapper #62 Hélio Figueiredo em formação de punt. O jogador executou um bad snap, a bola encobriu o punter #25 Rafael Tinoca e saiu pela linha de fundo, o que ocasionou em safety a favor do adversário.

No segundo quarto, o special team dos Navigators conseguiu através do punt colocar a bola no coffin corner. Com as costas contra a parede, Manuel sofreu contra a defesa visitante e saiu com um three and out. Para piorar o cenário, Tinoca chutou o punt, mas a bola ficou na redzone de Lisboa. A campanha foi lucrada em uma corrida do hafback #21 Afonso Faria para touchdown. O kciker #85 João Caldas perdeu o arremate de bonificação. 13-8.

Na etapa complementar, logo no primeiro hike, o quarterback brasileiro #22 Jardel Araújo conectou o split end #72 Tiago Ladeira em bubble screen. O ball carrier quebrou um tackle, realizou dois jukes entre os O-lines, contou com um lead block para alcançar o outro lado da sideline, percorrer 67yd e virar o marcador com o touchdown dos Navigators.

A resposta dos mandantes foi rápida. Manuel encontrou o slot receiver brasileiro #85 Vinicios Moreira em uma rota curta e sem marcação. O receiver ainda correu 34yd para ultrapassar a goal line e retomar a dianteira no placar. Manuel ainda sai do pocket em um roll out e conecta Carvalho no try.

Nos últimos 12 minutos, Manuel foi interceptado pelo defensive back #38 Paulo Silva, que posicionou os Navs já em redzone. A campanha foi finalizada com uma corrida de 1yd no C gap para touchdown, anotada por Faria. Caldas chutou para fora o try que daria a liderança aos visitantes.

Na sequência, Manuel congelou a defesa de Lisboa em um read option. O quarterback aproveitou uma má leitura do defensive end no lado forte, correu mais de 50yd sem ser tocado para conquistar o touchdown. Cruz perdeu o PAT.

Sem poder reagir, os Navigators viram outra big play ser finalizada em touchdown, desta vez, em um end around de Cruz, em uma corrida de pouco mais de 50yd. Os navigators impediu a conversão de dois pontos. Final 33-21.

O resultado altera a posição na tabela de classificação. O Cascais Crusaders assume a terceira colocação com campanha de 2-1. O time volta a campo no dia 16 de março, quando recebe o lanterna Algarve Sharks (0-3).

Enquanto que o Lisboa Navigators cai para a quarta posição com 2-3. O último compromisso da temporada regular será no dia 13 de abril, quando a equipe encara o Paredes Lumberjacks (1-1), no estádio José Ramos, em Lisboa.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment