Juventude vence batalha de trincheiras contra o Carlos Barbosa Ximangos e se mantém vivo para vaga nos playoffs

O-line do Juventude abre espaços para o halfback americano #24 Devion Young. Foto Daiane Moraes/DM Photography/Futebol Americano Brasil

No encerramento da semana 4 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, o Juventude se deslocou até Carlos Barbosa para defrontar o Carlos Barbosa Ximangos no derby da Serra Gaúcha. O elenco de Caxias do Sul levou a melhor ao bater o rival pelo placar de 10 a 3 e manteve o tabu de jamais ter perdido para o programa dos Ximangos. O evento ocorreu na tarde deste domingo (7), no relvado do Clube Serrano.

Confira a classificação do Campeonato Gaúcho

Assim como ocorreu em Porto Alegre no sábado (6), a chuva atrapalhou o rendimento dos dois lados da bola. Tanto que o primeiro quarto não teve as metas ameaçadas por ambas as equipes.

Durante o segundo quarto, os Green Devils chegaram a redzone adversária sob a liderança do halfback #1 Bruno Bortoluzzi, que tomou o lugar do jovem signal caller #5 Arthur Argonese. Na linha de 3yd do campo de ataque, o fullback #52 Juliano Tenger aproveitou o espaço aberto no B gap pela offensive line para entrar em inside zone run e anotar o touchdown. O placekicker #7 Álvaro Fröhlich conferiu o PAT.

Quando o referee Vinícius Behs apontou para o two minute warning, a unidade de defesa de Caxias conquistou uma interceptação com o rover #23 Bruno Braun contra o signal caller #1 Alex Cordolino. Nos últimos instantes do primeiro tempo, Bortoluzzi foi parado na a ½yd da goal line pelo front seven local. 0-7.

Após o halftime show com o mascote Carlitos, as duas equipes voltaram no mesmo ritmo do primeiro quarto, onde as defesas dominaram as ações da partida e o placar se manteve inalterado.

Nos 12 últimos minutos do jogo, os Ximangos esboçaram uma reação, quando o ataque entrou em field goal range. O kicker #25 Gabriel Caio arrematou com sucesso uma tentativa de 34yd. Porém, a oportunidade de encostar no marcador foi impelida pelo Juventude, que no drive seguinte manteve a diferença em sete pontos com um field goal de 31yd de Fröhlich. Final 3-10.

— Foi um jogo bem pegado. Nós estudamos tudo o que foi possível do jogo contra os Gorillas. Usamos de base para nos preparar e ajustar o time com tudo o que foi possível para que a gente não cometesse os mesmos erros que foram cometidos contra os Bulldogs. Jogar na chuva é sempre complicado, limita a jogarmos sempre na corrida, porque é bem ruim fazer uma recepção. O time está de parabéns. Quanto aos Gorillas, para a gente será como uma final. Quem sabe será a revanche pelo ano passado, porque fomos eliminados justamente por eles na semifinal do Campeonato Gaúcho — contou o offensive line do Juventude #74 Maurício Cislaghi.

— Sabemos que os Bulldogs já estão classificado para a segunda fase, mas vamos encarar o confronto como um treino para o segundo semestre deste ano. Nosso objetivo será como de costume, dar o nosso melhor e tentar a vitória — comentou o head coach dos Ximangos, Maurício Pechina.

O triunfo fora de casa mantém o Juventude com chances de avançar aos playoffs. O time ocupa a terceira posição do Grupo A com campanha de 1-1. O último compromisso da temporada regular será para decidir a segunda vaga da chave, contra o Porto Alegre Gorillas (1-1), no dia 28 de abril, em Caxias do Sul.

Por outro lado, o Carlos Barbosa Ximangos segue na última posição com 0-2 e sem chances de alcançar a pós-temporada. O time encerra a participação na temporada regular no dia 27 de abril, quando viaja a Venâncio Aires para enfrentar o líder e classificado Venâncio Aires Bulldogs (2-0).

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment