October 19, 2021
Troyanos em formação que daria a primeira vitória na temporada 2021 da Liga Uruguaya. Imagem Lufa/Reprodução/Futebol Americano Brasil

No duelo helênico, os Troyanos passam pelos Spartans e conquistam primeira vitória na Liga Uruguaya

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 1 segundos

Troyanos em formação que daria a primeira vitória na temporada 2021 da Liga Uruguaya. Imagem Lufa/Reprodução/Futebol Americano Brasil

No sábado (18), um encontro da Antiguidade movimentou o Campo do Champagnat, em Montevideo. Se na história os gregos venceram a batalha contra os troianos, no Uruguai contemporâneo o conto foi diferente. Os Troyanos venceram os Spartans por 18 a 12, em confronto válido pela semana 3 da Liga Uruguaya de Football Americano (Lufa).

Confira a classificação da Liga Uruguaya

No primeiro tempo o cavalo de madeira não foi suficiente para segurar a produção ofensiva liderada pelo signal caller #83 Juan Frechou. O arranque partiu de um passe para touchdown de Frechou para o tight end #45 Camilo Otenello. Mais tarde, o quaterback conectou o receiver inglês #50 Sam Neville para o segundo touchdown do confronto. Ambos os PATs foram desperdiçados pelos Troyanos.

Os Spartans ainda descontaram em uma corrida curta do halfback americano #40 Jermaine Cox para touchdown. Assim como o rival, o special team não coverteu o try. 6-12.

Após o halftime break, os espartanos igualaram o marcador com uma corrida do running back #21 Leonardo Piccirilo para touchdown. O try fora desperdiçado pela segunda vez.

No último quarto, Frechou saiu em scramble pela direita depois de ler o colapso do pocket e mandou a big play para Neville sacramentar o primeiro triunfo dos Troyanos na temporada 2021 da Liga Uruguaya. Final 18-12.

— Foi uma partida intensa e física desde o primeiro momento. A equipe necessitava de uma vitória e este era o momento para consegui-la. Antes de marcar [o 3º touchdown] recebi um segundo targeting da equipa espartana, que aumentou a tensão do jogo no último quarto, faltavam dois minutos e tínhamos tentado dois passes incompletos. Depois disso, na 3&10 eu escapei da carga e vi a oportunidade com o Neville. Foi uma sensação de alívio quando ele recebeu o passe na endzone, foi uma das melhores sensações do jogo — comentou Frechou.

O resultado coloca os Troyanos na terceira posição e dentro da zona de classificação aos playoffs com campanha de 1-2. O próximo compromisso será no dia 25 de setembro, quando defronta os Barbarians.

Já os Spartans caem para a última colocação com 1-2, mas perdendo no critério de desempate contra os Troyanos. A equipe tentará a reabilitação também no dia 25, mas diante do atual campeão invicto Golden Bulls (3-0).

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
50 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
50 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *