December 8, 2021
Araujo chega para auxiliar o Santa Maria Soldiers no campeonato gaúcho e BFA. Foto João Felipe Fotografia

Santa Maria Soldiers acerta com ex-defensive back do São José Istepôs Vinny Araujo

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 51 segundos

Araujo chega para auxiliar o Santa Maria Soldiers no campeonato gaúcho e BFA. Foto João Felipe Fotografia

A ponte aérea FlorianópolisSanta Maria continua em atividade. Na tarde desta terça-feira (21), a direção do Santa Maria Soldiers confirmou o acerto com o ex-defensive back do São José Istepôs, Vinny Araujo. O jogador chega para disputar o campeonato gaúcho e Brasil Futebol Americano (BFA), em 2017.

Confira a classificação do campeonato gaúcho



Araujo começou no esporte em 2012, quando foi aprovado no tryout do Cuiabá Arsenal. Na época, aos 17 anos, treinou ao lado de destaques do futebol americano nacional e sagrou-se campeão brasileiro pela extinta Liga Brasileira de Futebol Americano (LBFA) – o que viria a ser o atual BFA –, sob a chancela do treinador americano Clayton Lovett – atual coordenador defensivo do Corinthians Steamrollers.

— Jogar no Istepôs era a oportunidade de colocar em prática tudo que eu havia aprendido em Cuiabá. Foi onde amadureci como atleta. Lá tive muito tempo de jogo, pois acreditaram em mim, apesar de pouca idade eu estava muito focado — contou Araujo.

O atleta disputou cinco campeonatos nacionais, com Arsenal e Istepôs. Esteve presente nas campanhas de vice-campeonato da equipe catarinense nos últimos dois anos. Em Santa Catarina, atuou ao lado de Douglas Rodrigues, Fernando Gross e Vinícius Zanon, onde voltará a atuar junto.

— Tenho como estilo a agressividade e marcação precisa nas zonas. Jogadores que preferem jogar zona geralmente não são tão físicos, mas eu prefiro o contato e consigo equilibrar entre minha responsabilidade posicional e agressividade — explicou.

A vinda para Santa Maria representa também uma nova fase para o jogador, que chega para disputar posição na defesa que sofreu apenas 13 touchdowns no ano em competições oficiais, num total de 17 jogos. Atuar novamente ao lado de amigos dos tempos de Istepôs também pesou na decisão de Vinicius.

— Acredito e concordo com a filosofia dos jogadores que jogaram comigo nos Istepôs [Vinícius Zanon, Douglas Rodrigues e Fernando Gross] eles buscaram e buscam sempre evoluir, crescer e disputar títulos. É sempre bom jogar ao lado desses caras, pois me identifico com esse pensamento — finalizou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *