December 8, 2021
Timbó Rex segue sem perder para programas gaúchos. Foto Soldiers/Divulgação/JC

Timbó Rex conquista comeback no overtime e mantém tabu contra programas do Rio Grande do Sul

Tempo aproximado de leitura:3 minutos, 33 segundos

Timbó Rex segue sem perder para programas gaúchos. Foto Soldiers/Divulgação/JC

Foi por pouco mais uma vez. Depois de ficar no quase na temporada de 2017, quando desperdiçou o try de dois pontos no último lance do jogo, o Santa Maria Soldiers deixou escapar a vitória contra o Timbó Rex pela semana 13 do Brasil Futebol Americano (BFA). Na tarde deste sábado (28), os gaúchos chegaram a abrir três posses de vantagem, cederam o empate e a derrota no overtime por 28 a 21. O jogo ocorreu no Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria.

Confira a classificação do BFA

As trocas de posse de bola por punts foram os destaques no primeiro quarto. Os visitantes tiveram a oportunidade de colocar pontos na conta, porém, o kicker Diego Boddenberg perdeu um field goal curto de aproximadamente 25yd.

O placar somente foi inaugurado no segundo período, quando os Soldiers aproveitaram dias big plays para ficar próximo da goal line. O wide receiver Nathan Dias, na posição de signal caller, uma vez que Douglas Rodrigues saiu de campo por concussão, abriu o marcador com uma corrida curta para touchdown. O placekicker Fabrício Santana completou com o PAT.

Antes de encerrar o primeiro tempo, os mandantes ainda ampliaram a vantagem com um lançamento de 2yd de Dias para o wideout Douglas Elesbão direto na endzone. Novamente Santana acertou o extra point. 14-0.

Na etapa complementar, o time de Timbó chegou a ameaçar a meta rival ao entrar em field goal range, desta vez, a defesa de Santa Maria tratou de bloquear o arremate de 35yd de Boddenberg. Na sequência, a unidade defensiva de Santa Catarina recuperou o seu segundo fumble próximo da redzone gaúcha. A campanha encerrou com um turnover on downs em tentativa de trick play na linha de 29yd.

Os Soldiers responderam no drive seguinte. Dias venceu o front do Rex para em uma corrida de 3yd alcançar a endzone. Santana manteve o bom aproveitamento no chute de bonificação.

O que parecia uma vitória a ser administrada pelos donos da casa começou a degringolar. A reação do Rex foi imediata. O quarterback Luiz Carlos Bassani encontrou o wide receiver Guilherme Meurer para touchdown. Boddenberg descontou com o PAT.

No quarto período, Boddenberg voltou a perder um field goal. Mas isso não desanimou os catarinenses, que chegaram ao gol com uma big play de 70yd com Paulo Cesar. O special team não conseguiu acertar o try. Na campanha seguinte, a dupla Bassani lançou para o receiver Will que descontou com o terceiro touchdown do Rex. O special team empatou com a conversão de dois pontos.

Nos segundos finais do encontro, Santana teve a chance de encerrar um tabu histórico de programas do Rio Grande do Sul contra o Timbó Rex. O field goal de 29yd não obteve sucesso e o jogo foi para o overtime.

Na prorrogação, o halfback Well Garcia percorreu 14yd e anotou o touchdown. Boddenberg converteu o PAT.

Os Soldiers tinham a obrigação de empatar para seguir no overtime, mas duas faltas do ataque minaram a campanha que terminou com um turnover on downs em tentativas de passes direto na endzone. Final 21-28.

— O fator determinante para essa reviravolta no placar foi a confiança no trabalho. No esforço. Entendimento do processo. Todos sabiam que era possível. E não desistimos em nenhum momento. Quando levamos o terceiro touchdown ainda acreditávamos. Apesar da viagem para essa partida ser longa e cansativa, é uma experiência social de união. O time entrou no ônibus um. Saiu dele outro. Começou o jogo outro e terminou o jogo novamente transformado. É uma construção diária. A experiência de sábado foi mais uma delas pra transformação do renovado Rex — comentou o head coach do Res, Lener Fernandes.

O resultado acaba com a invencibilidade do Santa Maria Soldiers na temporada de 2019. O time cai para a segunda colocação com campanha de 3-1. A equipe volta a campo no dia 12 de outubro, quando se desloca a Gaspar para enfrentar o Gaspar Black Hawks (3-1).

Enquanto que o Timbó Rex assume a liderança com recorde de 4-1 e garantido nos playoffs. O time encerra a fase regular também no dia 12, quando viaja a Curitiba para enfrentar o Paraná HP (3-2).

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *