Train nega fusão entre Porto Mutts e Maia Mustangs

Futuro do Porto Mutts na LPFA 2016/2017 é incerto. Foto Mutts/Divulgação

Em conversa rápida com o Futebol Americano Brasil, o running back e safety João “Train” Marques, do Porto Mutts, encerrou com os rumores de uma possível fusão de elenco com o Maia Mustangs.

Saiba como terminou a temporada 2015/2016 da Liga Portuguesa

Havia comentários de que os rafeiros poderiam unir forças com o rival maiato na disputa da temporada 2015/2016 da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA). A ideia parte do encerramento das atividades do Maia Mustangs, em conjunto com possível punição dos Mutts por não sediarem a semifinal contra o Algarve Sharks. A fusão das equipes eliminaria a possibilidade de os vira-latas ficarem de fora da competição nacional.

Entretanto, Train não deixou claro quais são os objetivos e outras metas do roster da Invicta neste ano.

— Os Mutts não se fundem com ninguém. Este ano o nosso futuro competitivo é incerto. Não sei de que punição estás a falar — comentou.

E como fica em Maia?

Informações de bastidores dão conta que os Mustangs começaram a perder atletas no ano passado. Tanto que no final da temporada regular, somente 14 jogadores se apresentaram a equipe. Com isso, os maiatos teriam três opções: fundir-se com Mutts, ou Porto Renegades, ou encerrar as atividades por completo. Porém, alguns jogadores dos cavalos selvagens se dispuseram a atuar pelos Mutts – o que daria fim a discussão sobre fusões com o elenco esmeralda.

Só que as últimas conversas dão conta que os internos dos Renegades toparam em unir forças com os Mustangs. Uma vez que ambos os clubes não tiveram êxito de alcançar os playoffs do certame português. Os tricolores encerram com campanha 1-7, enquanto que os renegados terminaram com 3-5.

O primeiro projeto é que o time se chame Maia Renegades. Ainda não se sabe se os jogos serão sediados no estádio Prof. Dr. José Vieira de Carvalho, em Maia, ou se no Campo do Canelas, em Vila Nova de Gaia.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment