December 8, 2021
Logo do Brasil Futebol Americano

Uma temporada regular diferente na BFA 2017

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 39 segundos

Em conversa com o dirigente de gestão do Brasil Futebol Americano (BFA), Bruno Marcelo, o Futebol Americano Brasil buscou mais afundo sobre como será a temporada regular da competição que se inicia no segundo semestre.

Saiba como foi a temporada 2016 da Superliga Nacional



Diferente das edições da Superliga Nacional, quando de fato ela substitui o antigo formato do campeonato brasileiro, onde cada equipe – desde 2014 – realizava seis partidas na primeira fase, a versão da BFA terá algumas características particulares. Uma delas é algumas equipes terão mais jogos ao todo do que outros.

— Dentro das peculiaridades de cada conferência, pode haver times jogando mais ou menos partidas na temporada regular do que times de outras conferências — explicou Marcelo.

Com o mudança nas regras, incitou-se a dúvida de como haverá a determinação dos critérios de desempate para os mandos de campo durante os playoffs.

— Discutimos muito sobre isso e chegamos em uma solução que vai gerar critérios para definição de mandos de campo, mas ainda será divulgado — disse.

A mudança no calendário e aumento ou não de partidas ao longo da temporada regular podem influenciar no desempenho dos atletas durante a competição. Foi questionado como a BFA poderá trabalhar nesta situação  de comprometimento da saúde física dos jogadores que tiverem mais jogos acumulados durante o ano inteiro – com a inclusão de campeonatos estaduais.

— A BFA é regionalizada, diminuindo as distâncias viajadas. Os estaduais vão de cada local. Aqui no Rio, por exemplo, não tem estadual*. Não usaremos os campeonatos estaduais como parâmetro para o desgaste de algumas equipes, pelo menos agora. O que estamos focados é o no calendário da BFA — finalizou.

Obs.: para Marcelo, a Liga Fluminense de Futebol Americano (Liffa) não é considerado um campeonato estadual. A Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro (Fefarj) é quem chancela competições no Estado. No momento, a Fefarj só organiza campeonatos de beach football.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *