Venâncio Aires Bulldogs vence Porto Alegre Gorillas e fica a um passo de garantir a ida inédita aos playoffs

Ataque do Venâncio Aires Bulldogs é o segundo mais produtivo na temporada. Foto Ismael Ferreira/FGFA/Futebol Americano Brasil

O Venâncio Aires Bulldogs está a um passo de realizar a sua maior façanha na história. O programa do Vale do Rio Pardo já conquistou a façanha de conseguir duas vitórias no Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, algo que não havia acontecido desde a sua estreia em 2016. Neste sábado (6), pela semana 4 do certame, a matilha rubra venceu o atual vice-campeão estadual Porto Alegre Gorillas por 16 a 0. O evento, que contou com cerca de 600 fãs, foi organizado no Parque Esportivo da Pucrs, em Porto Alegre.

Confira a classificação do Campeonato Gaúcho

A chuva que atingiu a Capital favoreceu o game plan dos visitantes, que aproveitaram o conceito smashmouth offense com o trio de halfbacks #28 Eduardo Gonçalves, #23 João Siqueira e #34 Pedro Gabriel Garcia para vencer o eight man tackle box dos Gorillas.

O primeiro quarto foi arrastado por excesso de faltas e turnovers por ambos lados da bola das duas equipes. Os menores erros partiram dos Dawgs, que chegaram a redzone rival e abriram a contagem com uma inside zone run de 4yd por Gonçalves. A tentativa do try de dois pontos foi impelida pelos porto-alegrenses. Na sequência, o roster de Venâncio Aires entrou em field goal range, quando o placekicker #32 Vinícius Marques ampliou a vantagem em um chute de 31yd.

Durante o segundo período, Garcia largou das hashmarks do lado esquerdo, alcançou a rota offtackle do lado oposto, venceu dois tackles e percorreu 27yd em big play para conquistar o segundo touchdown da partida. Marques completou com o PAT. 0-16.

Na etapa complementar e com a perda do signal caller starter #5 Pietro Balzano por lesão, o backup #7 Antonio Freire não conseguiu dar conta do recado e sofreu no front seven adversário, principalmente pelos drops em rotas curtas no slot receiver #16 Jonathan Furquim.

Com o domínio defensivo dos Bulldogs, os comandados do head coach Miguel Greiner voltaram a ameaçar a meta mandante. Marques desperdiçou um field goal de 41yd. Na sequência, o linebacker #57 Ricardo Daronch interceptou Freire na linha de 36yd do campo de defesa dos Gorillas e retornou para pick six. A jogada foi anulada por um pass interference da defesa. Mesmo com a sobrevida na campanha, o time de Porto Alegre não capitalizou o drive.

No prosseguimento do último quarto, os Bulldogs voltaram a entrar em field goal range, mas o arremate de 40yd de Marques não obteve sucesso. Com o controle do jogo e a vitória garantida, bastou o quarterback #22 Cristian Siebeneichler entrar em knee formation para gastar o relógio. Final 0-16.

— Esperávamos uma partida bastante equilibrada. Estudamos muito o ataque dos Gorillas e nossa defesa conseguiu executar com excelência o plano de jogo. No ataque tivemos alguns problemas com execução de algumas jogadas, mas conseguimos nos manter firmes e garantir a permanência da unidade em campo sendo físico e sabendo controlar o jogo terrestre. A possibilidade de classificação é bastante concreta e motivadora — comentou Greiner.

— Hoje foi um dia que nada deu certo, infelizmente, para nós. A gente não jogou o que poderia jogar. Sabíamos que iríamos enfrentar uma equipe consistente, que vem numa crescente e apresenta um bom futebol americano. Enfrentar uma equipe grande, onde não se apresenta o que se espera, acaba tendo um revés. Foi o que aconteceu hoje. Não conseguimos desenvolver as jogadas de ataque e tivemos erros na defesa. No ano passado, também perdemos na fase de grupos e conseguimos chegar na final. Vamos erguer a cabeça e ir motivados contra o Juventude. Nosso objetivo é atingir os playoffs, no momento — disse o presidente dos Gorillas, Henrique Altieri.

O resultado coloca o Venâncio Aires na liderança isolada do Grupo A com campanha 2-0. O último compromisso na temporada regular será contra o Carlos Barbosa Ximangos (0-1), no dia 27 de abril, em casa. O programa pode garantir presença nos playoffs, caso o Juventude vença os Ximangos neste domingo (7).

Enquanto que o Porto Alegre Gorillas ocupa a segunda posição com recorde de 1-1. O time volta a campo no dia 28 de abril, quando viaja a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude (0-1).

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment