October 27, 2021
O Cascais Crusaders não sofreu pontos contra o Lisboa Devils no scrimmage. Foto Diogo Rugeroni/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Cascais Crusaders e Lisboa Devils marcam retomada das atividades presenciais com scrimmage

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 35 segundos

O Cascais Crusaders não sofreu pontos contra o Lisboa Devils no scrimmage. Foto Diogo Rugeroni/Divulgação/Futebol Americano Brasil

No passado final de semana (5 e 6), o Cascais Crusaders recebeu o Lisboa Devils para realizar um scrimmage em conjunto. O evento foi realizado no Campo das Fontaínhas, em Cascais. A atividade é um marco na retomada dos treinos presenciais após a publicação das orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre as medidas de desconfinamento, durante a pandemia por SARS_CoV-2 – o vírus que causa a COVID-19.

Saiba como foi a temporada inacabada da Liga Portuguesa de Futebol Americano de 2020

Pelo lado dos Crusaders, o fato de estabelecer o encontro com os Devils deu a oportunidade de reaver o sentimento de competição no roster.

— O scrimmage correu muito bem. Não tínhamos uma experiência competitiva há um ano e meio, e foi muito bom voltar a este registo. Mas, acima de tudo, o nosso objectivo com esta iniciativa foi pôr os nossos rapazes a jogar esta modalidade que adoram, e comprovar o que já vários dados indicavam: é seguro practicar este desporto, desde que sejam cumpridas as regras sanitárias — comentou o head coach dos Crusaders, Paulo Terrinca.

Administrar a motivação dos jogadores durante o confinamento não foi tarefa fácil a comissão técnica.

— Ao longo de todo este período cumprimos sempre essas regras sanitárias e nem sempre foi possivel treinar, devido a momentos de confinamento, mas sempre consideramos o desporto muito importante para a saúde mental de todas gente, em tempos tão difíceis. Foi muito bom podermos ter voltado ao campo, principalmente com uma equipa tão como como os Devils, que desde já agradecemos por terem também contribuído para este dia, que consideramos tão importante. Não só pela felicidade que causou, mas também pela informação que pudemos recolher sobre como organizar os jogos e cumprir as recomendações da DGS. Um dos grandes objectivos durante esta pandemia foi manter a equipa unida e em actividade dentro das possibilidades do momento. E acho que o conseguimos. Ainda não atravessamos o deserto todo, mas a acho que o pior já passou, e a família continua unida e ansiosa para que tudo volte à normalidade, seja isso quando for — completou Terrinca.

Apesar de não ser um evento regular e com as marcações do futebol americano, o scrimmage contou com adaptações para que as unidades pudessem levar parte do playbook no relvado.

— Quanto à parte desportiva, tínhamos como objectivo ver como a equipa estava em termos de execução de conceitos básicos e também como os rookies reagiam a esta primeira experiência. E claro, recolher game film, que não tínhamos há muito tempo. O modelo adoptado foi de 4 por 10 jogadas ofensivas para cada equipa, com cinco field goals após cada drive. Ofensivamente tivemos dez 1st downs, três touchdowns, e três 4th ‘n outs. Defensivamente não sofremos touchdown e conseguimos vários 4th ‘n outs — explicou Terrinca.

A comissão técnica do Cascais Crusaders ainda espera que ocorram novos scrimmages em um futuro próximo.

— Ficámos contentes com o que vimos em campo e esperamos ter mais oportunidades destas até ao verão — finalizou Terrinca.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *