October 16, 2021
Kajiwara (esq) e Munden concorrem a presidência da CBFA no quadriÊnio 2021/2025. Foto montagem Arquivos pessoais/Futebol Americano Brasil

Kajiwara e Munden concorrem a presidência da CBFA no quadriênio 2021/25

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 11 segundos

Kajiwara (esq) e Munden formam chapa única para eleição da CBFA. Foto montagem Arquivos pessoais/Futebol Americano Brasil

O pleito para definir o novo mandatário da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) será realizado com chapa única. Cristiane Kajiwara e Tiago Mundem se apresentaram como presidente e vice, respectivamente. A eleição está programada para ocorrer no dia 7 de feveireiro, com horário a ser definido. Devido a pandemia de SARS-CoV-2 – o vírus que causa a COVID-19 -, a eleição será online e transmitida pelo canal da CBFA no YouTube

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

No dia 20 de novembro de 2020 a presidente interina da CBFA, Marcelli Bassani, convocou a assembléia extraordinária para discutir sobre os procedimentos eleitorais para a eleição do novo mandatário que assumirá a entidade na gestão de 2021/25 e o novo endereço da sede da instituição. O motivo da reunião foi devido a renúncia do ex-presidente, Ítalo Mingoni, e de seu vice-presidente, Lucas David, em agosto de 2020.

Na assembléia definiram que, por falta de formas confiáveis e suporte para que os atletas, árbitros e treinadores pudessem exercer o seu direito ao voto (artigo 82, inciso I e III do estatuto da CBFA), apenas as federações estaduais que estivessem devidamente filiadas e com as suas obrigações em dia poderiam votar nesta eleição. Todas as instituições estaduais tiveram até o último domingo (10) para se regularizarem junto a confederação.

Das quinze federações que se tem conhecimento, entre regulares e irregulares, apenas a Federação Mineira de Futebol Americano (Femfa), Federação Paulista de Futebol Americano (Fepafa), Federação de Futebol Americano do Cerrado (Fefac), Federação Paraense de Futebol Americano (Fepafa) e Federação Pernambucana de Futebol Americano (Fepefa) apresentaram os documentos solicitados e poderão votar. As demais não se pronunciaram e não enviaram os documentos ficando inaptas para votar nessa eleição.

Como existe apenas uma única chapa concorrendo ao cargo de presidente da CBFA, Kajiwara precisa apenas de um voto das cinco federações votantes para se tornar a nova representante da confederação no período 2021/25. Caso nenhuma federação vote nela, a eleição é anulada e uma nova convocação será feita pela junta eleitoral.

Em conversa com o Futebol Americano Brasil, Bassani informou que não apresentou a chapa devido a problemas de saúde. Ela contraiu a COVID-19 – no final do ano de 2020 e teve 50% do pulmão comprometido e seu foco será cuidar de própria saúde. Como terá que fazer reabilitação e ainda trabalhar, optou por não se candidatar para não prejudicar a CBFA, mas desde já se coloca a disposição para ajudar no que for possível.

Sobre o autor

Thiago Martins

Narrador e produtor de conteúdo. Fundador dos canais Touchdown Mineiro e FABR Cast
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *