September 28, 2021
McCombs (esq), durante o camp de 2019 da Eastern Washington University, é o novo reforço do Goiânia Rednecks. Foto EWU/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Goiânia Rednecks anuncia McCombs para liderar a sideline em 2021

Tempo aproximado de leitura:1 minutos, 36 segundos

McCombs (esq), durante o camp de 2019 da Eastern Washington University, é o novo reforço do Goiânia Rednecks. Foto EWU/Divulgação/Futebol Americano Brasil

No início deste mês de fevereiro, a direção do Goiânia Rednecks confirmou o ingresso do head coach e coordenador ofensivo americano Brayden McCombs para a temporada 2021. O import ocupará a vaga de Igor Oliveira, que passará a ser general manager do programa de futebol americano.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

Natural de Zillah, no estado de Washington, nos Estados Unidos, o treinador tem 25 anos acumula duas experiências na sideline. A primeira na temporada 2018/2019 como assistente ofensivo do Eastern Washington Eagles, da Eastern Washington UniversityNCAA Division I FCS, Big Sky Conference -, onde trabalhou com o corpo de running backs, operações e recrutamento. Em 2020, treinou os running backs da MNU Pioneers, da MidAmerica Nazarene UniversityNAIA, Heart of America Athletic Conference.

Como jogador, foi offensive line do Santa Barbara Vaqueros, da Santa Barbara City CollegeCCCAA, Western State Conference -, onde atuou de 2014 a 2015, um evento como starter, nove na sideline e um jogo não relacionado. No período de 2016, foi recrutado pelo Kansas Wesleyan Coyotes, da Kansas Wesleyan University NAIA, Kansas Collegiate Athletic Conference. Nos Coyotes ficou até 2017 e atuou basicamente como center.

Antes de aceitar o convite dos Rednecks, McCombs tinha palnos de treinar na Austrália, mas devido a pandemia de SARS-CoV-2 – o vírus que causa a COVID-19 – o planejamento foi cancelado.

— Estava entusiasmado por uma oportunidade de treinar internacionalmente desde o ano passado, quem imaginava que a pandemia fecharia tudo? Mas, agora estou indo para o Brasil com uma grande chance e estou muito grato. Perdi a chance na Austrália, mas ainda queria a experiência fora do País, então mantive contatos por novas oportunidades tanto na Alemanha ou em lugares onde o futebol americano é popular — comentou McCombs ao Yakima Herald.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *